Paulo Guedes é agraciado com a Grande Medalha JK

O deputado estadual Paulo Guedes foi agraciado, nesta terça-feira (12/9), com a Grande Medalha Presidente Juscelino Kubitschek, em solenidade presidida pelo governador Fernando Pimentel. Realizada em Diamantina, terra natal de JK, a honraria distingue, anualmente, no dia do seu aniversário, 12 de setembro, personalidades de Minas Gerais e do país comprometidas com a construção da democracia, da justiça e do desenvolvimento econômico e social.

“É uma grande honra ter o reconhecimento do nosso trabalho por meio de uma comenda tão significativa. Momento importante também para lembrar o grande político mineiro Juscelino Kubitschek, que tanto contribuiu para o desenvolvimento do nosso estado e do país”, disse o parlamentar.

Orador da entrega, Fernando Pimentel lembrou a política de JK, destacando seu empreendedorismo e coragem para promover o desenvolvimento do país.“É a sua memória e a sua trajetória que homenageamos e, talvez mais do nunca, hoje seja necessário e imprescindível lembrar Juscelino. Lembrar o visionário mineiro que, inspirado por Celso Furtado, criou a Sudene, que soube estimular a indústria nacional com seu programa de metas, que expandiu a capacidade energética do país com novas hidrelétricas tão potentes quanto Furnas e Três Maria, que ampliou a mobilidade da nossa rede rodoviária, e claro, construiu a nova capital do País, Brasília, deslocando, definitivamente, nossa fronteira de expansão econômica para o Oeste e abrindo espaço para o crescimento do agronegócio”, destacou o governador.

Acerto de contas entre estados e União

Ainda em Diamantina, Paulo Guedes participou do lançamento da Carta de Diamantina, em reunião que contou com a participação dos governadores de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e dos estados do Acre, Mato Grosso, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Rondônia.

O objetivo do documento, que será encaminhado à Presidência da República, é demonstrar a união e a urgências dos chefes dos Executivos em torno do encontro de contas entre Estados e governo federal – buscando, assim, recuperar as perdas ocorridas devido a Lei Federal 87/1996, conhecida como Lei Kandir.

Durante a reunião, também foi discutida a necessidade de uma mobilização forte dos Estados em torno da questão da segurança pública das unidades federativas.

Foto: Manoel Marques/Imprensa MG

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *