Lei que eleva Estação ecológica de Sagarana a Parque Estadual já está em vigor

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, sancionou, nessa quinta feira (11/01), a Lei nº 22.897, que eleva a condição da Estação Ecológica de Sagarana a Parque Estadual. O Projeto, de autoria do deputado Paulo Guedes, foi aprovado, por unanimidade, pelo Plenário da Assembleia, no dia 19 de dezembro do ano passado.

A Cachoeira do Boi Preto é uma das belezas encontradas na Estação Ecológica, que agora é Parque Estadual.

Paulo Guedes afirmou, no dia em que a proposta foi aprovada pelos outros parlamentares, que a medida possibilitará um maior investimento por parte do Estado, da Secretaria do Meio Ambiente e dos demais órgãos ambientais, na cidade de Arinos, onde o parque está localizado, além dos demais municípios vizinhos, na região do Vale do rio Urucuia. “Também tem a relevância histórica, porque Sagarana é uma região por onde andou Guimarães Rosa, onde temos todo um centro que cuida da preservação daquele bioma, de muitas espécies que vivem naquela região”, ressalta o deputado, que ainda pontua a importância do aumento de geração de ICMS ecológico para o município que abriga o mais novo parque estadual.

A Estação Ecológica de Sagarana está localizada no distrito de mesmo nome, no município de Arinos, e foi criada por meio de decreto do dia 21 de outubro de 2003. Foi o segundo assentamento da reforma agrária implantado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – Incra – no Estado de Minas Gerais.

Com área aproximada de 2340 hectares e perímetro de pouco mais de 50 mil metros, Sagarana será destinada tanto a pesquisas científicas e atividades de educação ambiental quanto a atividades recreativas e ecoturismo.

Sharing is caring!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *