MANDATO PERTO DAS COMUNIDADES

Paulo Guedes percorre os quatro cantos de São João da Ponte.

No último final de semana, o deputado estadual Paulo Guedes esteve em São João da Ponte, Norte de Minas, quando se encontrou com as principais lideranças do município. Em dois dias, foram mais de 420 quilômetros percorridos e 18 comunidades e distritos visitados. Ele se reuniu com cerca de duas mil pessoas, conheceu a realidade local, ouviu as reivindicações das lideranças e apresentou um novo grupo, que chega sem vício político e com a proposta de inovação em beneficio da população que mais precisa.

Das demandas apresentadas pelas comunidades, cerca de 95% são referentes ao abastecimento de água. A maioria pede perfuração de poços, estruturação e ampliação das redes já existentes. Entre as reclamações dos moradores também se destacam as precárias condições das estradas e o descaso da Cemig, já que em alguns locais a falta de energia elétrica compromete o trabalho das famílias.

As visitas começaram na manhã de sábado (8/3). Na sede do município, Paulo Guedes foi recebido pela ex-prefeita Gervacina e seu filho, o líder político, Danilo Veloso. Participaram da reunião mais de 300 lideranças.

Em seguida, o deputado percorreu oito comunidades, começando por Salvinópolis e João Moreira. Os moradores pediram apoio para a perfuração de poço artesiano, distribuição de água para atendimento a 20 famílias e cerca de 100 alunos da escola da comunidade. Segundo eles, a água que utilizam atualmente é salobra e imprópria para o consumo. Outra medida necessária é a revitalização de barragens e a ampliação do abastecimento por meio da instalação de novas caixas para captação de água de chuva. A comunidade também pediu a retomada do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que beneficiava vários agricultores familiares, mas que está parado há cerca de três anos.
    
Na comunidade de Simão Campos, além da perfuração de poço artesiano, os moradores reivindicaram a reforma da quadra poliesportiva, um posto policial avançado e um trator agrícola. Já em Bom Jardim, a população informou sobre a necessidade da ampliação da rede de abastecimento de água, passando de 62 para 90 famílias atendidas.
    
Em São Miguel e Gameleiras, a falta d’água também é uma das principais reclamações. Além de um poço artesiano para o atendimento a 20 famílias, os moradores pedem ainda a instalação de uma caixa d’água de 10 mil litros, já que a atual é insuficiente, com apenas 5 mil litros. Eles também querem a inclusão de diversas famílias no programa de cisternas para captação de água de chuva. Outra demanda é a reforma da quadra poliesportiva.

O asfaltamento da estrada da produção, que liga São João da Ponte a Capitão Enéas, foi outra reivindicação apresentada na reunião. Além de melhorar as condições de transporte, a obra vai encurtar em 56 quilômetros a distância até Montes Claros, principal cidade da região e referência para o município nos atendimentos principalmente de saúde.

Já na comunidade de Araruba, onde também residem os quilombolas de Brejo dos Crioulos, a população pede uma emenda do deputado no valor de R$ 20 mil para implantação de antena de telefonia celular. Eles também querem a perfuração de poço para atendimento a 16 famílias e a intervenção junto à Cemig, para ampliação da rede de energia nas comunidades.

No domingo, o deputado Paulo Guedes começou as visitas pela comunidade de Poções, onde recebeu demandas para a melhoria do abastecimento de água e a reforma da sede da associação. Em Santa Rita, a população também pediu a instalação de um poço artesiano para atendimento a 30 famílias, uma vez que o sistema atual não atende a toda a comunidade. A perfuração e instalação de poço artesiano foi também a reivindicação das comunidades de São Vicente e Barreiro Novo. A população pede ainda a construção da sede da associação.

Em Salto Dois, além de um trator agrícola, os moradores pedem a intervenção do deputado para a instalação de energia elétrica na fabriqueta de farinha. A agroindústria foi construída pelo governo de Minas, mas até hoje não foi possível produzir nada no local.

Em Assa Peixe, a reivindicação foi por material esportivo e apoio na realização de atividades esportivas e de lazer. Na comunidade de Brejinho, o deputado conheceu as principais lideranças locais.

A instalação de antena de telefonia celular foi solicitada pelas comunidades de Olímpio Campos (Brejo Grande), Simão Campos e Boa Vista. Paulo Guedes garantiu que irá pedir agilidade no processo, mas frisou que este não será mérito exclusivo de nenhum deputado, já que todos votaram a lei que deu isenção às operadoras como garantia para instalação do serviço. No distrito de Brejo Grande, os moradores também solicitaram ampliação da rede de abastecimento de água. Já em Boa Vista, além da melhoria do sistema de abastecimento de água, a população solicitou a instalação de energia elétrica, por meio do programa Luz para Todos, para dez famílias. A comunidade também pede a construção de um ginásio poliesportivo.

No distrito de Condado do Note, a reivindicação foi para perfuração de poço artesiano que irá atender a 95 famílias da comunidade de Pé do Morro. A população também solicitou a reforma da sede da associação e um trator agrícola.

Após receber as demandas de todas comunidades percorridas, o deputado Paulo Guedes garantiu que buscará atender às necessidades dos moradores. Especialmente em relação ao abastecimento de água, que foi a principal demanda em praticamente todas as comunidades, ele informou que, juntamente com o deputado federal Bernardo Santana, irá encaminhar todos os pedidos ao Dnocs e à Codevasf, e assegurou que todos os atendimentos serão feitos até o próximo ano.

Paulo Guedes também afirmou que, ao lado das lideranças que participaram das reuniões, pretende ampliar o apoio às comunidades e fazer um trabalho permanente, especialmente na área social, com ações que beneficiem principalmente a agricultura familiar e a população mais carente do município.

Para Danilo Veloso, que é uma das principais lideranças políticas de São João da Ponte, a expectativa de todas as comunidades visitadas é de construir com o deputado Paulo Guedes uma parceria para a criação de um grande movimento transformador da política no município, voltado para o bem comum da população. “O nosso município está desassistido, tanto na esfera municipal como na estadual. Todos os recursos que estão sendo investidos atualmente são oriundos do governo federal”, disse ao citar ainda a dificuldade para implantar programas como o Minha Casa, Minha Vida, por falta de organização do município.
 
Segundo a liderança Dário Fabiano Borges, suplente de vereador em São João da Ponte, foi a primeira vez que o município recebeu um deputado estadual fora do período de eleições. “O deputado Paulo Guedes não veio pedir voto como fazem tantos outros que aparecem em nosso município apenas durante a campanha. Ele veio propor ações inovadoras que vão beneficiar toda a população, principalmente as famílias mais carentes”, afirmou Dário.

Demóstenes Pereira (Dr. Dema) afirmou a importância de novos investimentos para o município. “Precisamos tirar São João da Ponte da estagnação e buscar alternativas para o desenvolvimento do município, garantindo melhorias nas condições de vida das famílias. Isso só será possível com a união de forças e a inovação da política local”, frisou Dr. Dema.

LIDERANÇAS PRESENTES: Durante as visitas, uma comitiva de lideranças acompanhou o deputado Paulo Guedes: Gervacina (ex-prefeita), vereador Marisan, Tadeu, Geso, Dário Borges, Franklin, Anderson, Erasmo Campos, professor Júnior, Roger, Adilson, Demóstenes Pereira (Dr. Dema), Hudson e o assessor parlamentar,  Ricardo Campos, que é natural do município e neto de Olímpio Campos, ex-prefeito da cidade.

Participaram das reuniões as seguintes lideranças comunitárias: Clay (Associação de Buracão), Lucílio (Associação de Veredas), Marcelo (Varginha); Hamilton (João Moreira), Augusto, Gelson, Brasinho, Zelú e Serginho (Simão Campos),  Vera e Neilson (São Miguel), Véi e Ticão (quilombolas/Araruba), Delsinho (Poções), João (Santa Rita), Tião (Ribeirão do Ouro), Josué (Salto), Gê (Santa Clara), Geraldo (Jambreiro), Rodrigo (Condado), Nerciso (Pé do Morro), Deli (Boa Vista). Também participaram o presidente da Associação dos Trabalhadores Rurais, João Soares, e o vereador da cidade de Montes Claros, Rodrigo Cadeirante.

Sharing is caring!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *