Esta semana foi concluída a licitação das primeiras 1.000 cisternas nos dois municípios que foram incluídos no programa após reivindicações do deputado Paulo Guedes.

A população rural dos municípios de Arinos e Formoso, no Noroeste de Minas Gerais, já pode comemorar a conquista das primeiras ações do programa Água para Todos na região. Nessa quarta-feira (06/07), foi publicada no Diário Oficial do Estado a homologação do edital 001/2016, que selecionou e classificou a empresa que fará a instalação de 1.000 cisternas de placa nos dois municípios. A inclusão foi possível graças ao apoio do deputado estadual Paulo Guedes que, desde 2013, vem trabalhando, com audiências públicas e reuniões em Brasília/DF, para que a reivindicação fosse atendida.

O investimento para a instalação das cisternas de captação de água da chuva será de R$ 3,4 milhões e vai beneficiar mil famílias que hoje sofrem com a seca. A ação será executada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais – Sedinor, e seu órgão operacional, o Idene, que já preveem investimentos, também, em pequenas barragens na região.

Para o deputado Paulo Guedes, a inclusão dos municípios de Arinos e Formoso no programa Água para Todos representa um grande avanço social na região. “São dois municípios que passam pelas mesmas dificuldades das demais cidades do Polígono da Seca. Não tinha por que ficarem de fora do programa”, justificou.

O convênio é uma parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Das 1.000 cisternas de placas que serão instaladas, 750 vão beneficiar famílias de comunidade rurais de Arinos e 250 do município de Formoso.

Cada cisterna tem capacidade para acumular 16 mil litros de água da chuva. O abastecimento dos reservatórios ocorre durante os períodos de chuva: a água que escorre do telhado da casa é conduzida, por meio de um sistema de calhas e canos, para o interior do reservatório. Com os cuidados básicos, que são comunicados aos beneficiados em capacitação específica, a água é própria para saciar a sede e para o preparo de alimentos, além das necessidades diárias de uma casa.

A empresa AB Minas, vencedora da licitação, será responsável pela mobilização e capacitação das famílias que serão beneficiadas. Em seguida, inicia-se a execução das obras. Nesta fase, moradores da região são contratados para realizarem as instalações, o que garante renda para a localidade.